Entregador Loggi – Tudo o que você precisa saber para ser entregador da Loggi

Loggi é o nome de um aplicativo de logística que tem como objetivo fazer o intermédio de entregas de pessoas jurídicas ou físicas. No entanto, a empresa não é uma transportadora: ela somente faz a ligação entre as duas partes que estão envolvidas na entrega.

Você pode se cadastrar como motorista e ser um entregador Loggi. Quer saber como? Descubra aqui!

Como se tornar entregador da Loggi?

Hoje em dia, trabalhos que envolvam a entrega de produtos vêm ganhando muito a atenção de quem está desempregado e precisa de renda para sobreviver. 

loggi entregador

É muito comum você ouvir falar de entregadores iFood ou Uber Eats, assim como os próprios motoristas de aplicativos. Tais serviços cresceram exponencialmente por conta da pandemia do novo coronavírus e com a Loggi não foi diferente.

A Loggi permite o cadastro como entregador de uma maneira muito fácil. Tudo o que você precisa fazer é baixar o aplicativo Loggi para Entregadores (disponível para Android e iOS), clicar em “Cadastrar” e enviar as fotos dos documentos que são solicitados no app.

Caso queira, você pode acessar o site e fazer seu cadastro por lá também.

Após isso, a Loggi fará a análise de seus dados e entrará em contato para que ocorra a ativação de seu cadastro. O contato poderá ser feito pelo e-mail ou por celular, mas não há tempo específico para isso ocorrer, ok? Apenas aguarde e fique de olho!

O que é preciso para trabalhar na loggi?

É importante ter em mente que para ser Entregador Loggi você precisa:

  • Ter carteira de motorista definitiva e que esteja na validade,
  • CNPJ MEI (Microempreendedor Individual)
  • Veículo próprio.

Tais informações serão solicitadas no seu cadastro, por isso tenha em mãos esses dados.

Quanto ganha um entregador Loggi?

A tabela de preços está disponível no site oficial da Loggi.

Saiba que as tarifas são calculadas a partir da soma dos seguintes fatores:

  • Valor inicial,
  • Quilometragem,
  • Taxa por ponto de entrega/coleta realizada,
  • Adicional de espera a partir do 11º minuto.

Quando a Loggi paga?

O repasse do valor pode ocorrer de duas formas para os entregadores: semanal ou mensalmente.

O repasse semanal é feito todas as sextas-feiras, sendo o valor relacionado aos ganhos da semana anterior.

Nesse caso, o entregador precisa ter realizado pelo menos R$ 9,90 no período. Lembrando que a Loggi cobra uma tarifa fixa de R$ 8,90 por semana nesse tipo de repasse.

Já para o repasse mensal, o pagamento é feito dos acumulado dos ganhos do mês interior e programado para a primeira sexta-feira do mês, sem cobrança de taxa.

Dois pontos importantes:

  • A empresa precisa enviar uma nota fiscal informando os valores e serviços realizados pelo entregador todos os meses,
  • Os entregadores não precisam emitir Nota Fiscal – a própria Loggi envia aos mesmos uma Nota Fiscal de Serviços Eletrônica indicando os serviços realizados e a comissão repassada para a empresa.

Atualmente, a Loggi não atua em todo o Brasil, mas sim nas maiores cidades do país, como é o caso de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Brasília e Curitiba, por exemplo.

Você pode conferir toda a abrangência da Loggi na aba “Fazer entrega” no aplicativo.

Motoristas de Aplicativos

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content